• João Vicente

Clibanarii ávaros e a cavalaria pesada bizantina

Atualizado: Jan 23



Essa foto retrata reecriadores húngaros modernos de clibanarii ávaros.


Os ávaros eram um povo de origem centro-asiática que fundaram um caganato nas fronteiras transdanubianas de Bizâncio entre 567 e 804 e chegaram a cercar sem sucesso Constantinopla em 626.


Como todos os povos de origem centro-asiática, eles se especializaram em combate montado e a cavalaria pesada, que os bizantinos chamavam de clibanarii, era composta pela nobreza ávara.


O exército romano-bizantino absorve também tais práticas e, a partir do século V, passa dar cada vez mais importância a sua cavalaria pesada: primariamente com unidades mercenárias e depois com unidades nativas, os chamados “bucelarii” ou “comedores de biscoito”.


Esses eram originalmente forças privadas da aristocracia romana que foram gradualmente absorvidos ao exército bizantino. Unidades de cavalaria pesada bizantina continuam existindo até os últimos dias de Bizâncio e eram a nata do exército bizantino.


Elas eram geralmente compostas por membros da elite bizantina, uma vez que era regra que os soldados deveriam  prover por si mesmos os equipamentos e armas necessárias e, dado que o equipamento da cavalaria pesada era a mais cara, principalmente o próprio cavalo, somente os ricos poderiam ser parte dessas unidades, que, a semelhança do Ocidente Medieval, passaram a ter uma identidade aristocrática.


Para saber mais:


Mark BARTUSIS, Late Byzantine Army: 1204-1453, Pensilvania University Press, 1997

John HALDON. Warfare, State and Society in the Byzantine World 565-1204, Londres, Tailor and Francis, 2003 (em inglês)


#avaros #clibanarii


4 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

  • Facebook
  • Twitter
1280px-LinkedIn_Logo.svg.png