• João Vicente

Exposição sobre Thomas Whittemore

Atualizado: Abr 25

Caros Leitores,


A Dumbarton Oaks, o principal centro de estudos e pesquisa sobre Bizâncio dos Estados Unidos e talvez do mundo, anunciou hoje a publicação de um site com uma exposição online sobre a vida e obra de Thomas Whittemore chamada “Before Byzantium: The Early Activities of Thomas Whittemore (1871-1931)” ou “Antes de Bizâncio: as atividades iniciais de Thomas Whittemore (1871-1931)


72dd0da0-2c2c-4b79-904d-e25ddc53a221

Thomas Whittemore foi um professor universitário, arqueólogo e fundador do “Instituto Bizantino da América”, atualmente localizado no próprio Instituto Dumbarton Oaks, na Universidade de Columbia em Washington, DC.


Desde cedo fascinado pela Antiguidade e, principalmente, por Bizâncio, ele não mediu esforços para apoiar e divulgar os estudos dessa civilização e seu legado artístico. Sua maior obra foi, em 1931, ter convencido o governo turco a autorizar o estudo e restauração da Basílica de Santa Sofia e ter conseguido recursos para trazer uma equipe americana para realizar esses trabalhos. É importante recordar que os Estados Unidos passava, na época, pela sua mais profunda crise econômica, portanto conseguir recursos para uma expedição arqueológica em outro país foi um feito admirável. Essa iniciativa abriu o caminho para a transformação desse edifício em um museu, pois, até então, ela era utilizada como mesquita.


Posto abaixo algumas fotos dessa exposição, mas para mais imagens e informações mais detalhadas (em inglês) clique aqui para visitar a exposição.


3a212e5c-fe85-472b-b4b9-2d45febebfe5

Manuscrito cóptico da biblioteca. Monastério de São Paulo. 1930-1931. Fonte: Dumbarton Oaks.



image

Monge do Monastério de Santo Antônio no Egito (1931). Fonte: Dumbarton Oaks



bb64f402-238f-4338-b070-399abfe1e0de

Grupo de monges com Thomas Whittemore (a esquerda) e George D. Pratt (a direita). Skete do Profeta Elias, Monte Athos, Grécia. Fonte: Dumbarton Oaks



b5a5d635-debe-49ab-894a-9cc5f3b29725

Grupo de monges no pátio atrás da igreja. Monastério de São Panteleimons, Monte Athos, Grécia. Fonte: Dumbarton Oaks.



71876abe-de84-4d4a-9be4-55a9afdfe0f4

Monges e abade comendo no refeitório (interior da trapeza, extremo oeste). Monastério de São Panteleimon, Monte Athos, Grécia. Fonte: Dumbarton Oaks



83e42abb-da2c-433a-a2c6-61ebec44864d

O abade na biblioteca. Monastério de São Paulo, Egito, 1930-1931. Fonte: Dumbarton Oaks.



d4b6b29f-1046-4ed5-9c42-db4d4fce83af

Serviço religioso, Monastério de São Paulo, Egito.1930-1931 Fonte: Dumbarton Oaks.




3 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

“Romans” de Stefan Verstraaten

Caros leitores, Como vocês já devem ter percebido, eu adoro reconstruções históricas, principalmente de armas e roupas antigas. Cada vez mais, encontro pessoas fazendo um trabalho fantástico de recons