• João Vicente

Personagens da cultura pop retratados como ícones bizantinos

Atualizado: Jan 23

Caros leitores,


Uma das formas artísticas mais conhecidas produzida pela civilzação bizantina são os ícones. Durante séculos Bizâncio desenvolveu técnicas e formas bastante particulares e simbólicas para retratar Jesus Cristo, Maria e os diversos santos venerados pelos ortodoxos. A importância e o papel dessas imagens foi objeto de muito debate, chegando ao nível de serem proibidos durante o período conhecido como Iconoclasmo. No entano, em 843, os ícones foram reabilitados pela imperatriz Teodora e tomaram um lugar central na arte, na cultura, na sociedade e na religiosidade bizantina.


Os ícones bizantinos já foram descritos como uma arte simplória e estática, mas dizer isso é não entender o seu significado. Os ícones são simbólicos, pois exprimem características do santo retratado e muitas vezes sua forma de martírio. Para preservar a individualidade do santo e os motivos de sua santidade, cada santo era retratado de forma particular. Muitas vezes era dito que o próprio santo havia posado para o modelo original ou mesmo monges ou homens santos afirmavam ter composto a imagem de um dito santo conforme o havia visto em um sonho ou aparição. Logo, esses modelos, em si sagrados, deveriam ser copiados pelos artistas. Concluíndo, os ícones eram uma forma artística que unia, no momento de sua composição ou de sua apreciação, o homem com o divino, por isso muitas vezes eles eram tratados como objetos divinos por si próprios.


Baseado nessa expressão artística particularmente bizantina, o artista ateniense Fotis Varthis retratou alguns personagens da cultura pop em forma de ícones bizantinos. Desafio você a identificá-los.


Quem quiser conhecer mais do trabalho desse ilustrador criativo, clique aqui.







#artebizantina #culturapop #iconoclasmo

1 visualização0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

  • Facebook
  • Twitter
1280px-LinkedIn_Logo.svg.png