• João Vicente

Reconstrução digital do santuário da Basílica de Santa Sofia

Atualizado: Abr 25

A basílica de Santa Sofia ou Santa Sabedoria (Hagia Sophia em grego) é de longe o edifício mais representativo da arquitetura bizantina.


Construída durante o reinado de Justiniano I (527-565), esse templo tinha como objetivo espelhar o projeto político grandioso (ou megalomaníaco?) desse imperador.


Bizâncio gradativamente se tornava no discurso oficial uma Nova Israel; os romanos ou bizantinos passaram a ser o povo escolhido; e seu monarca, o imperador, no lugar-tenente de Deus. Portanto, Justiniano se via como um novo Salomão, isso se expressa em suas duas principais obras: a Reforma do Direito Romano e a construção da Basílica de Santa Sofia, inspirada no Templo de Jerusalém.


Santa Sofia se mantém até hoje como um museu na metrópole turca de Istambul. Ela é um memorial das diversas fases da história dessa urbe milenar. Depois da conquista turca de Constantinopla, essa igreja foi transformada em mesquita e, por isso, sofreu algumas modificações, de modo que o vídeo abaixo pretende reconstruir digitalmente o santuário de Santa Sofia quando ela era ainda uma igreja cristã.


Conforme a tradição ortodoxa, o santuário era um lugar reservado ao sacerdote onde acontecia a transubstanciação (transformação do pão na carne de Cristo). Para isolá-lo dos olhos dos fiéis, esse espaço era cercado pela iconostasis: uma parede decorada com diversos ícones de santos, da virgem, de anjos e de Cristo.


Temos que lembrar que reconstruções assim não são 100% fiéis, mas já dá para perceber a grandiosidade desse templo construído exatamente para fascinar romanos e bárbaros e convencê-los da ligação direta entre o Império e o Reino de Deus.



14 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo